terça-feira, 17 de junho de 2014

Correndo atrás da Brazuca

A corrida é fundamental para outros esportes, e em tempos de Copa, trago algumas curiosidades para vocês sobre a corrida no futebol!

Vamos ver quanto correm os jogadores de futebol da Seleção Brasileira atrás da nossa querida Brazuca!


Na abertura da Copa, no jogo contra a Croácia, a Seleção do Brasil correu 102.092 metros, o que dá uma média de 8.804m por jogador, ou seja, 8km804m.

Hoje, contra o México, os jogadores do Brasil correram 97.350 metros, resultando em, aproximadamente, 8.321m por jogador, isto é, 8km321m.

Agora, para os curiosos, trouxe mais algumas estatísticas da FIFA, com a quilometragem percorrida por cada jogador nos dois jogos do Brasil - contra a Croácia e contra o México:

Jogador
Distância percorrida BRA x CRO 
(em metros)
Distância percorrida BRA x MEX     
(em metros)
Julio Cesar
3,572
3,395
Dani Alves
10,348
10,137
Thiago Silva
8,079
7,791
David Luiz
8,961
8,256
Marcelo
9,211
9,205
Hulk
7,193

Paulinho
7,628
10,340
Fred
9,186
6,490
Neymar
9,538
9,400
Oscar
9,931
8,093
Ramires
940
5,334
Luiz Gustavo
11,166
9,911
Hernanes
3,419

Willian

1,105
Bernard
2,920
5,461
Jo

2,432

Eu que não entendo nada de futebol, farei apenas uma análise numérica e esta é a de que: o Brasil correu menos hoje do que na abertura! Claro que a quantidade de gols não é diretamente proporcional aos quilômetros percorridos, mas, comparando o jogo de hoje com o da semana passada, não faltaram apenas gols, "faltou" corrida! rs

Mais uma curiosidade! Até agora, a FIFA considerou que o jogador que mais correu na Copa foi Raphael Varane, da França, tendo percorrido em um jogo a distância de 9.386m e atingido uma velocidade máxima de 32,3km/h... o que significa (se minhas contas não estiverem erradas!) o ritmo aproximado de (pasmem!) 1 minuto e 51 segundos por quilômetrooo! Maaaas, é claro que ele não manteve esse ritmo por um quilômetro inteiro! Até porque, se fosse o caso, ele não estaria jogando futebol... ele seria recordista mundial de atletismo! Se é que isso seria possível, já que o recordista dos 1000m, o queniano Noah Ngeny, tem o tempo de 2:11.96! Portanto, essa velocidade a que chegou o jogador francês, durou apenas alguns metros.

Bom, pessoal, tudo muito bem, tudo muito bom, mas amanhã tenho treino de manhãzinha e preciso encerrar esse post.
A lição que deixo pra vocês brasileiros, é que: não existiria o futebol, se não fosse pela corrida!
Por isso... gostando de correr ou de jogar futebol, bora correr demais?!

2 comentários:

  1. Boa, Má! Marcelo vai adorar esse post! Ele é super ligado nessas estatísticas de futebol... adorei! vou mostrar pra ele...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Marthinha!!!
      Mostra pro Marcelo sim! Afinal, ele corre demais em campo, né?!
      Beijos!

      Excluir