segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Corre que esquenta!

Sábado foi dia de ir à Fátima rezar e agradecer por tudo.

Além de Fátima, passei por uma outra cidade portuguesa, chamada Tomar.

Lá visitei o maior Museu dos Fósforos da Europa, onde há cerca de 43 mil caixinhas... e o que isso tem a ver com o "Por isso eu corro demais"?

Bem... tem a ver que a corrida está em todo o lugar... até numa antiga caixinha de fósforo de origem portuguesa!


E assim como o fogo (acendido pelos fósforos) esquenta, a corrida também o faz!

Desejo a todos muita corrida para esquentar os dias frios (que por aqui chegaram)!

Nenhum comentário:

Postar um comentário