terça-feira, 30 de julho de 2013

Cinderela moderna

No sábado passado fui ao segundo casamento consecutivo. Novamente, precisei ir embora antes que a carruagem virasse abóbora... Acontece que essa era uma versão moderna da Cinderela...

1. meia noite e vinte era meia noite;
2. um toque de celular era o badalar dos sinos;
3. um honda fit  era a minha carruagem;
4. meu pai, minha mãe e minha cachorrinha eram os cocheiros;
5. não havia príncipe nem madrasta;
6. no dia seguinte, o sapatinho que entrou no meu pé não era de cristal... mas era rosa!

Às 5h20 da manhã já estava de pé. Às 7h10 começava a correr a meia maratona da Asics. Fazia tanto frio que, mesmo com o suor escorrendo, o vento ardia de gelado.

Meu pai me acompanhou do início ao fim. E os 21km me pareceram mais tranquilos e curtos, depois de ter feito dois treinos de 30km, nos domingos anteriores. Dessa vez, porém, eu não estava em um treino, mas em uma provinha, e daí tem a tal da adrenalina que nos dá um gás a mais...

Lá pelos quilômetros finais, li num banner uma frase genial de tão verdadeira: “Você pode correr usando apenas as pernas, no entanto, para ir mais longe, precisará também da cabeça.” (Márcio Dederich)

Minha cabeça estava leve e fui correndo da mesma forma. Nos últimos 100 ou 200 metros, cheguei dando um tiro forte. Mais tarde, vim a descobrir com o Marcão, meu treinador, que isso não é legal: não há necessidade e pode desencadear lesão. Então, pra todos, que como eu, resolvem dar tiros quando veem a linha de chegada, esqueçam dos segundos ou do minuto que deixarão de ganhar. Mais vale tentar abrandar a agressividade que toda essa atividade física pode nos causar.

Felizmente, não tive dores, e cruzei a linha de chegada mais ou menos como no fim dos contos de fada: feliz.

12 comentários:

  1. Marina, vc é muito Disney!!!
    Bjs.
    Rafael Aleixo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rafa, essa semana mesmo meu pai me mandou um textinho assim: "Havia um homem chamado Thomas Edison. Ele morria de medo do escuro. Havia um homem chamado Walt Disney. Ele morria de medo de ratos. Thomas Edison morria de medo do escuro e inventou a lâmpada. Walt Disney morria de medo de ratos e criou o rato mais famoso do mundo."
      Ser um pouco Disney já seria demais! Ser muito Disney é uma honra! rs
      Estou torcendo pra que vc queira mesmo dar continuidade à ideia de começar a treinar pra em um futuro (próximo?) fazer uma provinha de 5km!
      Beijos!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Pai, vc é bobo! :P
      Puxei os olhos puxadinhos dos seus! ;)

      Excluir
  3. Marina, continue com todo esse empenho e doçura!

    V está até conseguindo me animar para o esporte.

    ...e vou te contar ... que isso é um feito incrível...!!! hahaha!!!

    Bj,
    Marlene.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marlene, vc quem é muito doce!
      Que coisa boa vc estar se animando para praticar esportes!
      Se precisar de qualquer dica pra começar, me avise! Posso tentar ajudar com a minha experiência de principiante... rs... não é muita, mas posso tentar ajudar!
      Beijos!!

      Excluir
  4. Marina, minha amada princesinha...meu coração fica pequeno quando me preocupo com seus treinos e seu dia dia tão atarefado. Por outro lado tenho certeza que você vai conquistar muito mais que uma vitória de chegar bem nessa corrida. Você vai conquistar muitos corações...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mãe, seu eu for um pouco princesa, é pq vc é rainha! Casou até com um Rey! rs
      Brincadeira! Dessa vez foi vc quem me emocionou com as suas palavras! Eu te amo! S2

      Excluir
  5. Uma princesa bem moderna. :)
    Parabens Marina!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Monica!!!
      Td bem com vc? Meu pai disse que vc mora nos EUA.
      Vc corre por aí?!
      Beijos!

      Excluir
  6. Marina correu a meia pra quanto? Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, fechei a meia pra 1h58, sendo que, no meu Garmin, marcou mais que 21,1 (distância da meia maratona). Se o Garmin tiver medido corretamente, foram 21,36... Fiquei bem contente! Corri num ritmo bem mais rápido do que pretendo correr na maratona. Aliás, desobedeci um pouquinho meu treinador. =S

      Nessa prova, o slogan usado foi "Seu tempo diz quem você é"... Acho injusta essa afirmação. Acho que ela (ao menos descontextualizada) desconsidera as muitas variáveis que envolvem a corrida. Somos todos diferentes, com objetivos, circunstâncias e metabolismos diferentes. O tempo pode até ser um detalhe importante, mas não acho que ele nos defina, não é mesmo?!

      Estou bem contente de poder acompanhar seus treinos também! Faltam 2 meses pra sua provinha de 16km na Disney?!

      Beijos!!

      Excluir