sábado, 12 de outubro de 2013

Desde os primórdios até hoje em dia, o adulto ainda faz o que a criança fazia!

E hoje, que é dia de criança, eu não podia deixar de trazer uma lembrança da minha infância...

Encontrei essa foto no álbum de 1994 e 1995, logo eu tinha 6 ou 7 anos e meu irmão tinha 4 ou 5.

Lá estávamos nós perfilados para uma corridinha infantil organizada pela CORPORE.

(No segundo post do blog, contei um pouco sobre como a corrida entrou na minha vida: http://correndodemais.blogspot.com.br/2013/06/como-tudo-comecou.html)

Estou à direita. A única menina dentre as crianças da foto. Ao meu lado está o Luquinhas, meu irmão.
"Há um passado no meu presente", como já dizia Milton Nascimento em sua música "Bola de meia, bola de gude".

Eu e meu irmão Lucas continuamos correndo. Ele está fazendo intercâmbio e amanhã irá correr a meia maratona de Rennes, na França! Meu orgulho!

"E a gente não se cansa, de ser criança, a gente brinca, na nossa velha infância", como a Marisa Monte canta em "Velha Infância".

E qualquer hora é hora para ser criança e começar a correr!

4 comentários:

  1. Mantenha acesa a alegria infantil de se encantar com a vida dentro de VC Mari, que sera uma pessoa cada dia melhor! BJ como sempre as referencias musicais são lindas!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar, tia Lili!
      Você é exemplo disso para mim!
      Fico feliz que tenha gostado das referências! ;)
      Saudade de vcs!
      Muitos beijos!

      Excluir
  2. Marina!
    Vc viu minha marca nessa meia de Rennes! 1:42:46!
    Estou esperando vc batê-la!
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HahAhAHahAHa. Tá louco que vou cair de 1h57 pra 1h42 na meia, né?!
      Só se eu me inscrever pra uma meia e na noite anterior encher a cara, e chegar ainda meio bêbada pra corrida!
      Acho que nem assim, Lu! Vc já me ultrapassou faz tempo! Só falta correr a maratona!
      Saudade de vc!
      Beijos!

      Excluir