domingo, 8 de dezembro de 2013

Gripe: corra dela!

Dezembro. Vem chegando o verão... o calor aumenta, e meus treinos longos estão ficando ainda mais longos... Quando vi na planilha que o Marcão tinha colocado 22km para o domingo, pensei: "Será que ele está "secretamente" me treinando para outra maratona?!" rs

Bem, apesar dos 22km que me aguardavam, ontem fui em um aniversário e hoje acordei um pouco mais tarde. Como o treino deveria ser na USP (mais longe que o Ibira), já era meio dia quando comecei a correr! (Meu treinador quer me matar com uma notícia dessas, porque o calor desgasta demais! Maaas, era o que eu tinha pra hoje, e eu estava me sentindo super bem... não queria deixar de treinar!)

Após 22km num calor de 30o C
Estávamos colocando a bike no carro (porque minha mãe ia pedalar enquanto eu corria) e lembramos que precisávamos pegar uma camiseta extra para o fim da corrida! Subi para buscar, afinal, eu correria bastante, e depois demoraria para retornar para casa e tomar um banho.

E essa é a minha dica para vocês hoje: LEVAR UMA CAMISETA PARA TROCAR LOGO QUE ACABAR O TREINO! 

Isso é muito importante, porque depois de praticar uma atividade em que suamos bastante, nosso corpo esquenta (seja no calor, seja no frio), o suor deixa a roupa molhada, o que resfria nosso corpo. Isso dá um resfriaaado!!! E com a queda de resistência, pode evoluir para uma gripe!

No inverno, então, sofremos um choque térmico ainda maior ao final dos treinos, e por isso, além de trocarem a camiseta, é importante que levem um agasalho para vestirem no fim da atividade.

Seja qual for a estação do ano, fica a dica da camiseta seca para vestirem pós-treino, evitando uma "experiência da catástrofe inútil", conforme Clarice Lispector em sua crônica "A posteridade nos julgará": 
Tal mãe, tal filha.
Findo o treino, colocamos as camisetas secas.


"Quando for descoberto o remédio preventivo contra a gripe, as gerações futuras nunca mais poderão nos entender. Gripe é uma das tristezas orgânicas mais irrecuperáveis, enquanto dura. Ter gripe é ficar sabendo de muitas coisas que, se não fossem sabidas, nunca precisariam ter sido sabidas. É a experiência da catástrofe inútil, de uma catástrofe sem tragédia. É um lamento covarde que só outro gripado compreende. Como poderão os futuros homens entender que ter gripe nos era uma condição humana? Somos seres gripados, futuramente sujeitos a um julgamento severo ou irônico."

(LISPECTOR, Clarice. Para não esquecer. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.)



12 comentários:

  1. Respostas
    1. Hahaha. Bem que eu queria correr no ritmo das suas pedaladas! ;)
      Obrigada pela companhia!

      Excluir
  2. Corrida e litetatura, essa atleta eh demais! Muiiito bom o post. Ramiro
    Porto Alegre-RS

    ResponderExcluir
  3. Parabéns post e pela disposição de encarar os 22k.
    Pela foto parece que ficou bem satisfeita em ter feito o treino. :)
    Deu até uma força para encarar o meu amanhã.
    Marcos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marcos!!
      O Marcão realmente me chamou a atenção, por ter corrido com esse calor! =S
      Aí em Recife vc não deve ter muita escolha, né?!
      Beijos!

      Excluir
    2. kkkk Tem muita escolha mesmo não... É calor o ano todo.
      E desde o início de novembro tá muito quente. Procuro treinar em horários com temperatura mais amena, mas algumas vezes não dá. Aumenta muito o desgaste.
      O pior é qdo uso a bike para me deslocar no meio do dia ou após o almoço. Ainda que seja bem leve, tem o desgaste e não tenho nenhum tipo de ganho em termos de treinamento. Mas também é minha escolha para me locomover no trânsito caótico e estressante, é a forma mais tranquila e na maioria das vezes mais ágil. Então, acho que vale a pena.
      bjo, Marcos.

      Excluir
    3. Marcos, acho que, no fim das contas, sua escolha de usar a bike para ir ao trabalho acaba tendo mais pontos positivos do que negativos!
      Estou tentando fugir do sol por aqui também, mas hoje começa o verão oficialmente! Vamos ver como será! Precisarei dormir e acordar mais cedo nos finais de semana! rs
      Beijos!

      Excluir
  4. Marina, vc está ainda mais bonita do que na epoca que te conheci... ;) vc tem alguma dica para eu conseguir ir além dos oito Km.? Nunca consigo fazer um treino mais longo...

    Beijo,

    Guilherme Facchini (me formei com vc, mas fui aluno da sala ímpar).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme, fico feliz que tenha lido o blog!
      Obrigada pelo elogio! Então vc se lembra de mim. Desculpe-me, mas não me lembro de vc... tem facebook?
      Bem, para correr uma distância além daquela que já está acostumado, não tem muito segredo além de: treino, força de vontade e foco. Vc pode tentar aos poucos: 8,1km num dia, 8,5km dps, na outra semana tentar 9km...
      Você tem alguma orientação para correr ou corre sozinho mesmo?
      Beijos!

      Excluir
    2. Não tenho face... Estou treinando sem orientação, mas procuro obter umas infos. na internet e com amigos. Mas coloquei em prática exatamente o que vc disse! Já consegui 12 km em ritmp 6:15min/km.
      Obrigado, Marina!
      bjos e parabéns pelo blog!

      Excluir
    3. Nossa, Guilherme, vc já evoluiu muito e em pouco tempo!!
      Parabéns!! É sempre bom conversar com outras pessoas que já correm há mais tempo e ler sobre isso em fontes confiáveis.
      E vi que vc já tá até falando igual corredor! Ritmo de 6:15! ;)
      Bons treinos em 2014 pra vc!
      Beijos!

      Excluir